18 de jul de 2008

A pequena e a Gigante


Ontem ela disse que me amava. A janela do
MSN piscou umas cinco vezes antes que eu respondesse "eu também te amo,
pequena." Às vezes me culpo por não ser como a maioria das garotas: tão
compreensíveis e carinhosas. Mandam depoimentos no Orkut com declarações
invejáveis; fotos com montagens inesquecíveis e usam o telefone como
realmente
se deve. Elas usam o telefone... A verdade é que eu nunca tive
alguém que
pudesse dizer "melhor amiga". Sabe aquelas coisas, "eu vou sair
com a minha
best", "minha melhor amiga dormiu em casa hoje". E talvez por
ser um pouco
inexperiente, é que eu deixe a desejar como metade de alguém.
Pois foi o que ela
me disse uma vez: "você é a minha metade" e eu acredito
nisso. Ela completa os
meus dias cansados. E eu acho até que somos iguais em
alguns aspectos, como em
relação aos nossos hábitos matinais.
Tudo
começou via Internet. E ela me
trouxe algo que eu não tinha mais: o
otimismo. Sustentar uma amizade virtual
pode ser tão (ou mais) complexo do
que uma amizade 'carne e osso'. Vou confessar
aqui o que eu não confessei no
dia mais importante da minha vida. Eu tive as
melhores tardes de verão,
gargalhei sobre os mais patéticos assuntos e chorei
pelos motivos mais
simples... Tudo por causa dela.
O dia mais importante da
minha vida, que
eu citei no parágrafo acima, foi em um domingo de dezembro,
quando eu pude
ver o seu sorriso brilhar diante dos meus olhos, pessoalmente.
Tinha tudo
pra dar errado. Fomos expulsas de lugares públicos, tiramos fotos
estranhas,
comemos esfirras frias... Mas mesmo assim foi perfeito. E se hoje eu
consigo
enxergar beleza nas situações mais difíceis da minha vida, ninguém, a
não
ser ela, pode ter mérito por isso.
Mesmo achando que não mereço uma
amiga como ela, a amo como nunca amei ninguém tão distante ou próxima de
mim. E
mesmo que às vezes eu demore pra dizer a verdade, responder recados
bobos e
enviar cartas para Sorocaba, a amizade que eu ganhei de presente,
recompensa
todas as minhas culpas.

Eu te amo, Michelli,
da sua gigante, Bruna.

9 comentários:

l'esprit fabuleux disse...

que liindo isso Bru *-* é muito bom ter amizades assim né? :)

(L)

mykas2 disse...

meldels, quase morri aqui *--*

tipo, minha melhor amiga MESMO, e não só amiga, pque a giiiiiigante é mto mais *------*
tipo igual irmã, com direito a briga e tudo ;x
e eu no vivo sem você (L)

Te amo minha giiigante.

Kenny disse...

Eu sou um desastre com novas amizades >.<, tanto pessoalmente, com virtualmente
Mas as minhas melhores amigas que eu tenho (e amo mais que tudo) são para sempre...

Camila Colossi disse...

nossa *O*
que liindo tudo isso
valorizee syaa amigaa


http://imensidadx3.blogspot.com

Mary West disse...

Ahhh q fofo cara! Amizade é sim um sentimento extramente poderoso mesmo. ;)

Nina disse...

Como se a altura de vcs fosse muittooo diferente neh?

Liih disse...

Q lindo seu texto!!
Adorei!
é ótimo ter amigas assim, mesmo virtuais. é a pessoa com qm eu mais me sinto segura, e eu a conheço desde pequena. Ela faz falta, faz muita falta para mim. Principalmente agora, que estamos um pouco longe.

Adorie seu blog!

Cámila disse...

Ah que lindoo!
eu não tenho uma pessoa pra falar
NOOOOSSA MELHORA MIGA QUE CONTO TUDO!
mas tenho uns amigos aqui outros lá
!
Não confio 100% mas é uma amizade gostosa!

Jôji disse...

Parabéns, você tem uma amiga *-*

Assim, acho que manter uma amizade pela net é realmente mais dificíl, tem a questão do tempo para estar no pc, etc etc.

por isso são Parabéns duplos *.*²²