6 de jan de 2008

P.S.: I LOVE YOU

E se isso for tudo na vida?
Eles precisavam de um plano.
E definitivamente, ela não queria ser a responsável por tudo.
Enquanto ele cantava.
Ela jogava pro alto as roupas sujas, os sapatos caros e as palavras
ásperas que vinham em sua boca.
Ele fazia suas piadas, e ria das mesmas. Sozinho.
Porque seria diferente naquela noite?
Não foi diferente.
Um abraço, um beijo, um eu te amo no meio da sala pequena...
Isso não duraria!
Mas ele achava que não ia para lugar algum.
Não queria ir...


His Life Ended.


Não era consolo ouvir um padre dizer que ele estaria sempre ali.
Mesmo que ela o sentisse, ela não podia vê-lo.
Tudo bem ficar velha dentro de um apartamento agora?
Tudo bem abandonar o emprego que ela não gostava pra cantar
músicas que ela nunca imaginou que cantaria?
Sozinha, dentro do quarto. Sentindo-o.
Mas ele não queria isso.
E ela, que sempre planejou tudo, resistiu graças aos planos dele.


Hi baby, surprise!!


Eram cartas, que ela receberia de vários modos e teria de fazer tudo
que nelas estivessem escrito.
Ele havia planejado...
E ela ainda continuava sentindo-o.
Sentia porque ele estava com ela ali. Ainda.
E seu presente era ser libertada , voltar a viver , deixar de senti-lo;
Em um ano.
Seus planos estavam deixando-a melhor.
Porque ficar velha dentro de um apartamento?
Ele queria que ela fosse ao seu país.
Reviver, estando sobre a terra que os uniu, cada momento feliz.
Cada lembrança que sufocava o seu amor.

Cada beijo , cada impulso , cada surpresa...
Foi para a Irlanda.
As amigas, teriam de divertir seu o amor.
O país que os fizeram apaixonados, teria de abraçar seu o amor...
Pesque, faça uma loucura, beije um homem...
Ela faria qualquer coisa por ele.
E ele estava guiando-a...
Não era besteira.


I just wanna be somebody's Gerry!



Mesmo que ele quisesse, estando ao seu lado ou não.
Ela ainda o amava, não queria ninguém além do seu pranto.
Teria que viver...
Teria que amar denovo, encontrar um novo emprego.
E com os dias se passando.
Talvez, fosse mais fácil.
Ela havia sido tudo em sua vida, mas ele, apenas um capitulo
na vida do seu amor...
Um ano se passou, depois que ele se foi.
Ela deixou de senti-lo.
Mas não pôde deixar de amá-lo...





P.S.: I LOVE YOU.



3 comentários:

Bruna Bo disse...

É que eu me apaixonei por esse filme e por sua trilha sonora.

*-*

Dedeh disse...

[b][blue]Ah tá! Só agora que vi seu comentário, que eu entendi o post. Gosto pacas de você amigona!

Beijos! ;*

Dedeh disse...

Aff, o [b][blue] é força do hábito. Culpa do Orkut! hoaOAHohaoHAhao