15 de jun de 2009

Eu não sei mais inventar amor!

Sou um fracasso em todas as tentativas de idealizar um momento de abundante afeto imaginário, daqueles que beiram o clichê de ser só amor. Não sei mais onde encontro o que eu chamaria de ilusão há dois meses passados. Esqueci como se abraça o travesseiro, que hoje apenas me apoia a mente e abafa um dos meus ouvidos. Em outras circunstâncias, perderia minhas horas preciosas de sono e sonhos de açucar por isso. Daria a minha existência para alguém que pudesse viver em meu lugar um amor, mesmo que em completa decadência, mesmo que farto de fantasia. Mas descobri antes mesmo da noite de flores, borboletas e fadas, do powerpop repetitivo e da Lua que não queria dormir, que aposentei a ilusão porque estou vivendo o amor que tenho direito. Oh Deus, eu estou tão viva! Se pudesse, agarrava com os meus dedos e guardava à chaves, dentro de uma caixa decorada, todo esse amor. Levava comigo até que o planeta adoecesse e morresse de sede. Eu não me importaria em carregar isso comigo pra sempre e espantar eventuais decepções futuras. Afinal, eu não sei mais inventar amor, mas ganhei a chance de gritar pro mundo que o meu coração está batendo e eu estou muito bem aqui.

9 comentários:

Por Leandro Martins disse...

as vezes temos que ser fortes e botar pra fora o que sentimos, assiste o clipe from the inside do linkin park e prsta bastante atenção nele, analisa ele com bastante cautela.
queria ser o travesseiro e poder sussurar no seu ouvido o quanto eu te amo noite após noite, te acordar com um beijo no rosto dia após dia. E eu jamais me cansaria de fazer isso e de estar com vc.

Ráh disse...

Ual! Caramba, seus textos são fantásticos, parabéns Bruna!
Beijocas, Raissa.

Poeta de um mundo caduco... disse...

Às vezes as decepções são tantas que a gnt n se permite mais idealizar as coisas!

Mas se vc n consegue mais "inventar o amor", a magia deste sentimento, por si só, lhe trará isso sem esforço algum...

Bjs.

Bruna Bianconi disse...

um dos textos mais lindos que eu já li :) sincero e cheio de sentimento.

te amo muito.

Patrícia disse...

Também não sonho mais, mas estou sempre em busca do melhor pra mim.

Fe disse...

que lindo... que bom que vc está vivendo um momento assim... fico feliz por ti ;D

bjoooo.. adoooro s2

Joy disse...

Tão exentríco, tão fora do comum, so amazing!!!
Amei Bruna... Acho que há tempos vc não escrevi alguma coisa que me fizesse pensar nos meus próprios amores, se é que eu os tenho!!

beijos!

Teté disse...

ai como eu amo TUDO que vc escreve
e como eu tb amo vc
mais do que merecido tudo isso que vc ta aprendendo a viver com intensidade
vc merece mais e mais
;**

ReBo disse...

ninguem consegue inventar o amor!
ele funde-se na alma como se tivesse vida! invade o nosso sangue sem pedir autorização, controlando nossa mente e muitas vezes nosso pensamento! amar é estar em transe! é ser genuíno... ingénuo como uma criança! amar é não ter medo de enfrentar tudo! amor nao se inventa, ele abraça-nos quando menos se espera... o DESTINO anda aí...