10 de jun de 2009

(...)

Deus sabe como foi difícil resistir ao prazer de caprichar nos meus sonhos mais remotos. Sentia saudades dos devaneios estrangeiros cada vez que punha os pés na Avenida Paulista e fitava encantada aquela torre colorida. Mas o tempo foi cruel e enganou-me. Os dias que correm vazios não se apressam mais do que os outros. Eles se arrastam como se carregassem uma maré inteira de emoções, mesmo quando só existem migalhas da preocupação alheia, por eu ser tão calada quanto ao meu caos interior. Sinto tanto por isso. Deixei empoeirar meus caprichos, os meus mimos, meus desejos: os eróticos e os românticos também. Tudo isso por uma covarde ilusão de que esperar dormindo, ou morrer por alguns dias, fosse menos doloroso. Se ainda desse tempo de olhar pra frente, no fundo dos olhos, caminhar ereta, sem tropeços... Talvez eu tenha chances. A esperança é maior que o receio, o meu amor supera a comodidade de passar em branco, sem tempestades. E essa força que aperta o meu peito, falha às vezes e me deixa respirar enquanto alimento nos lábios um sorriso.

15 comentários:

Marcela disse...

Que lindo, Bru *-* Bom, pelo que entendi, às vezes, por mais que não seja a sua vontade, você sorri, né? Então, com a cabeça erguida e um sorriso nos lábios nós vamos longe! Continue assim. Amo aqui :*

Daniel disse...

quanta para uma guria da tua idade...

Leandro Martins disse...

Esse vazio que vc sente, e essa falta de tantas coisas com o tempo vai passar, vc pode ter caido, mais vc vai se reerguer, mantenha sempre contigo e sse teu sorriso lindo e cativante. aprenda a ser forte, crie seus pontos de fuga e aproveite cada dia, cada momento, reconheça a vida em cada respiração, não disperdisse seus dias dormindo, ou tentando fazer o tempo passar mais depressa, ele é o senhor da razão e ele coloca tudo no seu devido lugar. Por mais que vc lute contra ele, vc sempre irá perder, pois tudo tem sua hora certa, e seu tempo. e pode ter certeza, sua hora de ser feliz um dia vai chegar, espero poder fazer parte deste momento ao teu lado.
te amo! bjão.

Leandro Martins.

Joy disse...

*-* simplesme impressionante, se bem que não é tão simples assim escrever sobre isso, ou, desse jeito!!
Amei!

bjo

Andréia disse...

desabafos ou filosofando sobre a vida em termos de passado presente ou possivel futuro se ivermos até os 100 anos ainda faremos as msm perguntas e lamentos.

adorei! beijoss

Aléxsia disse...

Às vezes é melhor não darmos muita trela pra solidão e o vazio, mesmo qe esteja um breu dentro de nós. Simplesmente sorrimos e irradiamos fingindo estar tudo bem, ou realmente querendo que esteja.

Maria Rita disse...

Hey! Tem selo pra ti lá no blog *-*
Beijos.

Beatriz Oliveira disse...

Selo pra tu no blog, yay

Livre Pub disse...

Gostei! Literatura de primeira!

Nanda disse...

É, às vezes um sorriso esconde o que estamos sentindo de verdade... mas nada melhor do que ele para nos deixar melhor.. bjoooo.

Rafael disse...

Pois capriche nos seus sonhos então!
bjs

Poeta de um mundo caduco... disse...

Nossa seus posts são incríveis...
Dá vontade de ficar aqui o dia inteiro, lendo e relendo! rs.

Qto a este post, em específico, muito bom. Às vezes nos sentimos assim: SUFOCADAS por algo... A solução é buscar forças, mesmo quando pensamos n tê-las, e seguir adiante.

Bjos. *.*

Poeta de um mundo caduco... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
wanderson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
wanderson disse...

Eu gostei muito desse texto.
a pessoa nunca pode deixa de segui seu sonho apessoa tem que segui seu sonho para ser feliz.
bjs wanderson