3 de mar de 2008

EIS A QUESTÃO...




Na escola, sempre tive uma boa imagem do Comunismo. Aprendi que essa ideologia era 'do bem' e por ser um sistema que tinha como objetivo uma sociedade sem classes, já me vinha na cabeça direitos iguais para todos. Mas isso já tem um tempo... Hoje as coisas mudaram. Não digo pelo sistema, mas sim por mim mesma. A gente cresce e percebe que sempre têm um fio solto que acaba puxando outro e outro... Enfim, o Comunismo (assim como tudo na vida) tem o seu lado negativo. Vejam o exemplo do nosso vizinho de cima, Cuba. Fidel Castro, veterano que só deixou o poder depois de quase 50 anos de regime, era sim um ditador. Não acredito que ele possa ter construído um país justo, muito pelo contrário. Um lugar onde as pessoas que manifestam o seu pensamento são perseguidas e presas, não pode ser considerado um lugar justo. Agora, imaginem o Brasil tendo como base a ideologia de Karl Marx. Eu não conseguiria viver em um país onde a minha voz não teria som algum. E se já sabemos que o Comunismo não produz o efeito que deveria, e ao invés de trazer ao homem liberdade e igualdade, o afasta ainda mais da democracia, não apoio e não gosto nem de pensar como seriam as coisas por aqui com esse sistema. Posso parecer pessimista, mas sinceramente acho que a solução para uma sociedade mais justa está longe de ser alcançada, seja pelo Comunismo, ou pelo Capitalismo. Faltam valores, falta respeito, falta a real intenção... O estado é desanimador e o terror provocado pelo sistema, só atrai ainda mais a decadência.

Nenhum comentário: